header-dailha

notícias

Fique por dentro das nossas últimas notícias

PCH, modelo de sucesso na Geração de Energia

De forma limpa e a um custo ambiental pequeno, as PCHs são uma ótima alternativa em geração de energia elétrica mesmo em tempos de estiagem.

Uma Pequena Central Hidrelétrica (PCH) é toda usina hidrelétrica de pequeno porte cuja capacidade instalada seja superior a 3 MW e inferior a 30 MW. Além disso, a área do reservatório deve ser inferior a 300 hectares (3 km²), apresentando menores impactos ambientais.

Ao contrário de uma usina hidrelétrica de grande porte, as PCHs não necessitam de grandes reservatórios para armazenagem de volumes de água, mas operam a fio d’água, ou seja, permitem a passagem contínua da água com uma capacidade nominal mais estável. As PCHs aproveitam a força da gravidade ou seja do desnínel dos níveis de agua (queda)aprovoeitando ao máximo a vazão natural e historica dos rios sem precisar estocar água; requerem uma pequena área inundável, muitas vezes equivalente ao nível das cheias do rio.​

Com o atual cenário de ampliação do consumo de energia elétrica aliada a uma grande estiagem em várias regiões do país, as PCHs se tornaram uma alternativa à geração de energia. “E isso vem numa crescente, tanto pelas questões ambientais quando pelas crises que rotineiramente tem atingido o setor elétrico brasileiro desde 2001. Com isso, houve o início do incentivo do governo brasileiro para aumentar a produção de energia elétrica geradaatravés de fontes alternativas, como as biomassas, as eólicas, as solares e as PCH’s”, diz o Eng.Gilberto L. Caviglia, Diretor de Desenvolvimento da holding Cesbe Participações S.A.

As PCHs representam geração de energia limpa a um custo ambiental pequeno. Apesar desta simplicidade e baixo impacto, passam por todas as etapas do processo de licenciamento ambiental similar ao exigido para as grandes usinas hidrelétricas (EIA-RIMA, emissão de licenças com programas de controle e mitigação ambiental)inclusive com a criação de áreas de preservação no entorno da usina com monitoramentos e manutenção efetuadas pelo Empreendedor durante o perido de concessão.​

Com características sustentáveis e baixíssimo impacto ambiental, elas apresentam grandes vantagens. “Este é um modelo de fonte renovável, com menor impacto ambiental, construção mais rápida e menor impacto social, geração distribuída e descentralizada, menor custo de geração, menor emissão de gases de efeito estufa ao substituir fontes térmicas fósseis, geração de impostos para municípios, geração de empregos diretos eindiretos na fase de construção e permanentes com a operação após o fim das obras, ainda utilizaequipamentos, serviços de engenharia e construção 100% nacionais”, destaca Caviglia.

A Cesbe é uma Construtora especializada nesse tipo de empreendimento, com ampla atuação nesse mercado em todo o território nacional, e que acredita no potencial hidráulico Brasileiro. Possui em seus ativos as PCHs Carlos Gonzatto (9 MW) e PCH Marco Baldo (16 MW), ambas localizadas no Rio Turvo, Estado do Rio Grande do Sul.


Share Button